quinta-feira, 25 de setembro de 2014

ARQUIVO: CBX750F NACIONALIZADA


O sonho acabou?  Para alguns sim, mas a coisa não é bem assim...  Que a CBX750F 1986 era "especial" ninguém discute, cheiro de Japão exalando por cada parafuso, aro dianteiro 16'', sistema anti-mergulho da suspensão dianteira, faróis duplos, pneus sem câmara, escarpamento em cromo preto!  tudo que havia de melhor, e esses são justamente alguns dos itens que foram perdidos na nacionalização...  mas as CBX que vieram depois tem seu mérito, tem seu valor, tanto que ficou em linha por quase 10 anos... foi a maior moto do Brasil até a abertura das importações em 1991.


Essa reportagem, de janeiro de 1987, mostra a primeira versão nacionalizada da CBX750F, hoje essa versão é conhecida como "Hollywood" em alusão as cores apresentadas e a logomarca daquele cigarro...  descreve detalhadamente todas as "perdas", as mudanças que foram feitas para que ela se tornasse nacionalizada, de acordo com os índices de nacionalização que o governo brasileiro exigia naquela época.

Que sirva de inspiração para os apaixonados por esse modelo, para os que a possuem tenham acesso ao material de época e para que as está restaurando, que possa nas fotografias conferir todos os detalhes desta bela máquina!  Atenção, essa primeira imagem nos da a impressão que o escapamento é preto, mas é apenas impressão devido ao ambiente escuro da fotografia, nas demais imagens já é possível vê-lo cromado... (pena!).












Tenha acesso a outras matérias antigas que publicamos, testes, comparativos da CBX e outras motos dos anos 80, clicando aqui!


2 comentários:

  1. A CBX ainda povôa o sonho de muitos, como eu.
    Maquinão que vale a pena.

    ResponderExcluir
  2. Tive uma em 1990, comprei uma zerada "magia negra", a 88. Queria muito uma 86 japonesa, mas me informaram de que caso acidentasse, suas peças seriam praticamente impossíveis de conseguir (muda muito as carenagens, o avds nos freios, as rodas...) Aos leitores que tem condições e pretendem adquirir uma dessas, recomendo que montem logo em uma bem conservada. Primeiro que Honda é indiscutível em qualidade, e outra que vai ficando cada vez mais difícil achar uma boa. É bem legal pra passear.

    ResponderExcluir