quarta-feira, 15 de abril de 2015

Pneus - e sua importância nas antigas

Pirelli MT40
Com muita frequência vejo motos, fruto de restauração principalmente, ou de usuários descuidados, com pneus diversos, diferentes dos originais - não apenas na marca/modelo, mas até mesmo nas medidas!

Diferente dos carros, que mantem seus pneus parcialmente recobertos, os pneus da motocicleta estão "na cara" do observador.  E pneu moderno com moto antiga definitivamente, não combina!



Procure, através de revistas de época, do manual da moto, de fotos de posters da época ou propagandas, ver qual era o pneu de sua motocicleta naquele momento.  Muitas vezes o pneu original não existe mais, se for o caso de uma restauração e o pneu que estiver calçando a moto for realmente o original de fábrica, estiver com os sulcos em condições e apenas muito ressecado - considere deixa-lo na motocicleta, mesmo ressecado, pois é o pneu original!
Dunlop que equipava as primeiras Honda XL
desenho praticamente identico ao dos MT40
Claro, se você pretende viajar com a moto, usar em dias de chuva, ou até mesmo em corridas como foi meu caso em novembro, ai cuidado, pois como aconteceu comigo - pode acontecer contigo também... a equação é simples: corrida x pneu ressecado = tombo!

Porém, felizmente algumas concessões são bem aceitas no universo das antigas, por exemplo:

Pirelli MT60
A linha Honda XL saia com pneus Dunlop (modelo K550), fabricados no Brasil. Curiosidade, que eram fabricados na fabrica da Pirelli sob licença.  Isso na primeira metade dos anos 1980.  Depois, a Dunlop saiu do Brasil, e a Pirelli, com o mesmo ferramental (por isso os pneus são muito parecidos) lançou o MT40, que seguiu equipando a linha XL até o termino de sua produção.
Portanto, é claro que é preferível ter uma XL antiga com pneu dunlop original de fábrica, no entanto, pneus MT40 são aceitos sem problemas, por se tratarem de pneus de reposição para a linha XL vendidos pela própria Honda através de sua rede de concessionarias naqueles tempos. - Esse fato é pouco conhecido da maioria dos colecionadores, chegou ao ponto de eu ter comprado a XL125S e quando ela chegou a concessionaria para troca de óleo e a primeira revisão antes de ir pra casa, me perguntaram:
-Diego, você vai trocar esses pneus estranhos pelos originais MT40?
-Pois é, aqueles estranhos, eram os tais Dunlop originais de fábrica....

Pneus das primeiras Yamaha DT180
Outro caso que é aceito, são as primeiras Yamahas DT180 que vinham equipadas com charmosos pneus de desenho quadriculado, e logo em seguida, aderiram aos Pirelli MT40 também, de forma que a reposição era feita, já naquele tempo, com os MT40.  Vale a mesma explicacao, sem duvida uma DT180 com pneus de "gominhos" é muito mais legal, mas as DTs que estiverem com pneus MT40 não assustam ninguém.
Metzeler Enduro 3

Já colocar um pneu moderno Pirelli MT60 ou Metzeler Enduro 3 por exemplo (metzeler nem estava no Brasil naquele tempo), ou marcas de segunda linha que nunca foram equipamento original das montadoras (como Rinaldi) em minha opinião: "matam a moto".  Vale a pena "matar" uma restauração por tão pouco?  ou vale a pena procurar pelos originais?!

Essa XL está anunciada em um site da internet, diz ter 2600km
que seus pneus foram trocados por estarem ressecados... até ai,
tudo bem... mas pneus modernos?  poxa, mancada!


3 comentários:

  1. Diego eu tambem peguei esta " doença " e contaminei o meu outro amigo Agraleiro... comprei dois pares de MT 40 pra Agrale, e embora fossem antigos também, eram pouco mais seguros que os originais completamente ressecados... que quase me derrubaram aqui num dia de garoa....
    Abraçao.. Giancarlo - Agrale Dakar 30.0 - 87

    ResponderExcluir
  2. Esse é um problema sério, a Amazonas usava Maggion feitos sob encomenda da fábrica e sua medida não existe mais, infelizmente...
    Molina

    ResponderExcluir