Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2015

A XLX250R de 2 carburadores

Imagem
Depois do tremendo sucesso que a XL250R fez no Brasil, a Honda lançou em abril de 1984 a XLX250R, que se tratava de uma boa atualização em uma moto já incrivelmente atualizada de acordo com o mercado internacional.

Entre as novidades, a XLX trazia o cabeçote RFVC - que mantinha as 4 válvulas da XL250R porém eram dispostas radialmente em torno do cilindro, a proposta era aumentar a eficiência da combustão e o fluxo da mistura e gases, Além disso, ela veio, não com 2 carburadores, mas com carburador de corpo duplo, o qual funcionava em separado em baixas rotações e em conjunto nas mais altas, garantindo um ganho expressivo no desempenho.

Pessoalmente já ouvi tantas criticas a esse conjunto de carburação que passei a classifica-las como "lenda urbana", situação na qual os críticos de hoje estão criticando algo que nunca viram funcionar, muitos nunca pilotaram uma XLX dessa época e ficam falando o que ouviram algum dia... e que não necessariamente é real!

Exposição de motos antigas Itatiba SP

Imagem
Esse evento aconteceu no Auto Posto Giardino d´Italia em Itatiba - SP.  Apesar de parecer estranho, num posto de combustível, mas o espaço era abundante e muitíssimo bem organizado, até mesmo uma banda de rock tocava, por entre as bombas do posto!

Motos Clássicas 80 estave presentee e levou algumas de suas preciosidades, enquanto a animada banda homenageava Raul Seixas...
Alguns - espetaculares - carros de época participaram do evento!  Curtam as fotos...

Honda CB50 Dream

Imagem
Pois é, pra quem acompanhou a enquete que ficou no ar no site durante a semana passada, a triste noticia é que apenas 1 leitor acertou o ano de fabricação e demonstrou conhecer a moto... mas nem é tão triste assim, pois foi proposital... era uma pegadinha...

A "moto de 10 metros"

Imagem
Há um termo engraçado que deixa claro o que vem a ser uma moto antiga efetivamente de coleção e uma moto antiga reformada sem muitos critérios.  "Moto de 10 metros"...

"Moto de 10 metros" é aquela que brilha nas fotografias como se fosse zero km, impressiona mesmo. Quando a vê parada em uma exposição, chama atenção... Mas o encanto acaba quando você se aproxima a menos de 10 metros dela. Os detalhes começam a saltar a vista é literalmente "matam a moto".
Vou citar alguns exemplos, mas são apenas exemplos mesmo, a criatividade dos "reformadores" que existem por aí é tão grande que seria necessário uma seção de bizarrices pra listar todas elas. Os mais grosseiros são:
1- tudo pintado e envernizado:  pra que seguir o que a fábrica fez? Se o tanque era pintado e recebia adesivos, podemos dar um jeito na falta dos adesivos e pintar tudo, afinal tem um pintor super talentoso no bairro que já pintou a moto de fulano de tal...  E fica realmente parecido, …

Encontro Anual Veteran Motorcycle Club do Brasil

Imagem

Enquanto isso, na barbearia...

Imagem
O salão estava vazio, mas a luz acesa e a navalha aberta sobre o balcão me deram a certeza que poderia entrar. Como a minha barba estava exageradamente grande e desgrenhada, resolvi esperar.
Em uma das duas cadeiras antigas, detalhadamente restauradas, acomodei-me enquanto aguardava por alguns instantes.

Dali era possível ver todo o andar de baixo e a movimentação do público e das motocicletas. Depois de alguns minutos uma CB500 Four dourada 1975, com um sonoro 4x1 parou bem pertinho de onde eu estava sentado, através da viseira percebi os olhos arregalados de adrenalina e que os braços expostos eram completamente tatuados, ao tirar o capacete desconfiei: seria o barbeiro?
Como se não bastasse tudo que relatei até agora, que já seria o suficiente pra me credenciar ao "Festival de Mentiras de Nova Bréscia", perguntei a ele: - você é o barbeiro?  a resposta foi solene:
- sim, claro, sou o Klaus, acabei de chegar da corrida, me desculpe pelo atraso!
Com essa ganhei o Festiva de …