quinta-feira, 22 de setembro de 2016

A "moto de colecionador"

Não é forçar a barra chamar de "de coleção" uma moto ano 2008?
 ainda se fosse uma série especial, uma Bimota, uma moto que nunca rodou,
que está na caixa de fábrica... talvez...
O anuncio chama atenção - "moto de colecionador" - o preço está bem elevado em comparação com as demais, de mesmo ano/modelo, o que pode ser um indicativo de qualidade elevada...

O texto condiz com a chamada do anuncio, e o colecionador abre seus olhos,  termos como impecável são comumente usados - como se motos cometessem pecados, não é mesmo?  Pecador deve ser o proprietário.

Mas ao começar a ver as imagens, notam-se que a quilometragem declarada não condiz com as imagens, repinturas, pneus de motos modernas, peças de outras motos.

Causo:
Como vivo em uma cidade relativamente pequena, quase todos se conhecem, certa vez vi um anuncio em um site de uma NX150 1989, com apenas 4.000km, impecável, para colecionador, só faltava mesmo ter a classificação da "Standard & Poors" (agencia que classifica risco de mercados internacionalmente) categoria AAA...  
Fui até a loja para ver, coincidentemente, naquele dia estava usando minha XLX350R.   Parei a XLX em frente a loja, fui entrando no salão e caminhando direto para a pequena NX que ao longe parecia bonita, não havia ninguém no salão, ao chegar perto comecei a olhar e me decepcionei imediatamente, a moto tinha sido toda repintada, parecia ser com pincel de tão grosseiro que estava, logo o proprietário se aproximou, me cumprimentando: "Olá Diego, tudo bem?" (eu sinceramente não o conhecia ainda, coisas de interior), seguiu falando: "Essa moto não serve pra você não, amigo!"...
Por fim, nos cumprimentamos, e ele comentou que o anuncio estava daquela forma pra chamar atenção, mas que não era uma moto digna de ingressar em uma coleção, e, curiosamente, no momento seguinte, bateu nas minhas costas, me direcionando pra entrada da loja e pediu: "Deixa dar uma olha na sua XLX?"....

Pois é, cerca de 99% dos anúncios que vejo - Moto de coleção - são verdadeiras porcarias, fico em duvida as vezes se o cara acha realmente aquilo bacana, ou se é oportunista tentando passar alguém pra traz.  Ou como o anuncio de abertura desta matéria, onde uma moto com apenas 8 anos de uso é oferecida como "de coleção"!
Você, colecionador, por vezes se sente assim?


Por outro lado, como tudo na vida, existem pessoas extremamente serias e corretas, alguns poucos anúncios trazem detalhes da historia da moto, se houve alguma repintura, alguma manutenção mais importante, algum ponto que afete a originalidade, e, em minha opinião, com essa transparência o vendedor tem muito maior chance de sucesso na venda.

Um comentário:

  1. kkkkkkk, eu em minha saga por Agrales e por uma XLX já estou acostumado.... cada anucio mais idiota que o outro, a pouco mesmo fui ver uma Dakar 30.0, (alias já achei varias) cada uma pior que a outra.... da raiva.....

    ResponderExcluir