quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

MOTOS COM AS QUAIS... APENAS SONHAMOS!

Falamos até agora sobre muitas das motos lançadas aqui na década de 1980, mas e as que não foram lançadas??? Pois é,  motos que víamos apenas através das paginas das revistas, que cobriam salões internacionais ou as testavam fora do Brasil.  Sonhos que chegaram perto de se tornar realidade, como as Gilera que noticiou-se seriam lançadas pela motovespa, e mais tarde pela Agrale, ou mesmo as cagiva 4 tempos que "ficaram na promessa"...

Em 1986 a maior trail por aqui era uma XLX250R (isso mesmo, nem a 350 havia sido lançada). Pode imaginar os sonhos que essa imagem despertavam? Kawazaki KLR650


Todas essas "novidades" demoravam muito a chegar, as notícias vinham pela mídia impressa, não havia internet, não haviam canais via satélite e quer saber? A mídia convencional não dava muita atenção ao motociclismo! Nos restava as revistas especializadas, que eram poucas (mas essas sim nos davam a devida atenção).

Nos dias de hoje é difícil imaginar como era ver e não ter....  "olhar com os olhos e lamber com a testa" era uma expressão que minha avó usava para dizer que algumas coisas podíamos ver, mas não podíamos comer...

Coloquei algumas fotos, emblemáticas de nossos sonhos ha 30 anos!  Algumas chegaram a circular no Brasil, como protótipos, ou pré-series, mas nunca foram lançadas aqui...  fico pensando, onde estarão essas motos que por aqui andaram?  teriam sido devolvidas a suas pátrias por alguma obrigação legal?  estariam escondidas na garagem de algum feliz colecionador? teriam virado sucata? 😔

Se você souber do paradeiro de alguma delas, por favor me avisa, adoraria colocar minhas mãos, ou no mínimo meus olhos, em algumas dessas belezinhas!






Kawazaki GPZ500, essa criança tinha nada menos nada mais que 1/2 motor da mítica GPZ1000RX

Kawazaki GPZ750, 195kg e 105 hp e 240km/h  eram números mágicos em 1986

Guzzi NTX650, motor em V transversal, potencia de 46cv, 175kg
Honda VF1000F - até hoje habita os meus sonhos!!!
Que tal essa Honda CB1100R 1982? Qualquer semelhança com a CB1300 lançada no Brasil em 2007 não é mera coincidência!  mas, 1982 - 2007 !?  pequeno lapso de 25 anos!!!

A Honda bateu na trave!  no exterior lançava a CBX250 e aqui a CBX150, com motor herdado da ML125...  melhor que nada, não é?
A Yamaha lançou em 1988 a XT600Z no Brasil. Um espetáculo, mas em 1982 exibia no exterior uma completa linha de motos com motores de ciclo 4 tempos!!!  Veja essa XT250, que nunca apareceu por aqui....
Honda XL125R Paris-Dakar - poxa vida! essa bem que podia ter habitado nosso asfalto, não?  veja no detalhe, é basicamente a nossa XL125S lançada em 1986...  ganhou um tanque lindíssimo, para-lama dianteiro, pro-link na traseira e uma rabeta diferente apenas!
A Honda por aqui fazia apenas motos 4 tempos e a Yamaha apenas fazia as 2 tempos. Mas isso era apenas aqui no Brasil, no resto do mundo, ambas lançavam modelos 2 e 4 tempos. Vejam esse exemplar, MXB125F da Honda de 1982, com motor 2 tempos, refrigeração à liquido, 22 hp e apenas 96kg. Como curiosidade ela possuía uma válvula de escape, semelhante ao YPVS que conhecemos nas RD350R chamada de  ATAC...
Ai apelou!!!  Yamaha Venture Royale?  Pois é, aqui em 1982 tínhamos a CB400 como maior moto nacional...  A amazonas com motor VW1600.  E nossos amigos europeus e americanos podiam viajar em máquinas como essa!!!
No auge da epoca das carenagens integrais, essa moto é incrível, pois nada de sua mecânica era exibido!  Morini Dart,  Morini era uma marca do grupo Cagiva, e aqui no Brasil ouvíamos que podia vir a ser lançada pela Agrale....  pena que não foi.
A Gilera ameaçou de vir ao Brasil, seguindo a esteira do sucesso da Cagiva, travestida de Agrale por aqui... ameaçou, pesquisou, testou, entendeu nosso mercado, mas infelizmente nunca as vimos por aqui...  Acima uma Gilera Rally250, refrigeração liquida, 2 tempos, partida elétrica...

Curtiu essas belezinhas? veja mais na nossa seção Arquivo.

fotos: Revista Motoshow / Revista Motosport / Revista Duas Rodas



10 comentários:

  1. Diego, e dizer que a minha Yamaha Venture Royale também pousou na frente deste castelo da família Vanderbilt na Carolina do Norte. Que saudade!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E eu que achei que ia mexer contigo com a primeira foto, da KLR650... heheheh

      Excluir
    2. Sonhei muito com essa Arizona Rally 250. Vi que uma Gilera NGR 250 foi vendida na San Diego há um bom tempo.Valeu Diego! The Delega!

      Excluir
    3. Muito boa matéria

      Excluir
  2. Haja coração para relembrar de tudo.
    A Kawa GPZ 110 de 1983, Moto-Guzzi Le Mans 850 de 82, Gilera RC 600 dos anos 90, Yamaha Seca 750, (CBX e Ténéré ainda sonho e estão por aqui), Honda XL 600r, e muitas outras sensacionais.

    ResponderExcluir
  3. eu também sonhava e devorava as revistas especialozadas da época, comprava tudo que tinha direito... e andava numa moderníssima Agrale SXT 16.5 - 1985... coisa rara... só você mesmo Diego, pra reviver estas maravilhas em duas rodas...

    ResponderExcluir
  4. Na minha adolescência sonhava com muitas motos americanas e europeias, mas falando das japonesas, Honda era a VF 700 S Sabre e Yamaha, a RD 500 LC e Venture royale...eram motos lindíssimas.

    ResponderExcluir
  5. E eu que no início dos anos 80 vi, ao vivo uma MONTESA H7 , em Tereopolis RJ, onde eu morava. Não era H6. Hoje tenho 50 anos e não consigo esquecer. Acho q trouxeram poucas unidades. Só mais esta Moto q qualquer traído de hoje,
    Abraçado,
    Tmj

    ResponderExcluir
  6. Só.........q qualquer trail ......, quero dizer....

    ResponderExcluir
  7. Das japonesas dessa época o meu pai chegou a conhecer algumas em Manaus, por causa da zona franca.

    ResponderExcluir