Postagens

Mostrando postagens de Março, 2017

Exposição - Clássicas Off Road - Sidney Australia

Imagem
Peço desculpas aos leitores se a informação não estiver 100% correta, hoje em dia recebemos um turbilhão de informações, mas nem sempre conseguimos verificar a fonte, e infelizmente foi o caso dessas fotografias!

Em uma manha de domingo recebi, de dois amigos diferentes, quase simultaneamente, via WhatsApp, uma enxurrada de fotos de motos maravilhosas, de cross em sua maioria, clássicas, e ao questionar de onde vieram, os dois disseram que receberam em um "grupo" e se lembraram de me enviar.

Segundo consta em tal grupo, foi de uma exposição, ou corrida - que seja, um evento, de motos off road clássicas que acontecia em Sidney na Australia por aqueles dias e um amigo do amigo que lá estava (que também não consegui contato, sequer nome), enviou as fotos.  (Caro amigo do amigo, caso leia esta postagem, meus sinceros agradecimentos!)

Apesar da falta de qualidade das informações, pelas quais me desculpei com os leitores do Motos Clássicas 80, leitores que já estão acostumados e …

A historia da Yamaha XT

Imagem
Em outubro de 1975, durante o 21⁰ Tokio Motor Show o mundo conheceu, ainda que tímida e discretamente, o que viria a se tornar uma lenda!  A primeira, não de uma família, mas de uma saga, a Yamaha XT500.



Perdemos a inocência! Onde vamos parar com tantas regras?!

Imagem
Lembrar dos "anos 80" muitas vezes nos faz suspirar!

Muita coisa era diferente, o "politicamente correto" não estava tão na moda...  andávamos de motocicleta sem usar capacete, pura inocência, as vezes até portávamos o equipamento, mas pendurado no cotovelo!

Espelhos?  esses retirávamos das motos, seguíamos a "moda" ditada pelas competições...  não que estivesse certo, estava definitivamente errado! mas era assim que a coisa funcionava. E que atire a primeira pedra o motociclista daquela época que não cometeu nenhuma das "infrações" acima...

Tempo atrás, um de nossos editores Cícero Lima publicou no site UOL uma matéria falando sobre transportar cães em motocicletas. Cícero mandou muito bem e está coberto de razão!  Não dá pra misturar as coisas e levar o peludo pra passear de moto, certo?


Eu gosto das clássicas na rua, na estrada e na terra

Imagem
Sou um cara que adora a tecnologia dos smartphones, principalmente na hora de fotografar. Estou andando na rua e vejo uma moto legal, não dá outra, saco o telefone e click!!!! Assim tenho a chance de dividir com os amigos do Clássicas80 algumas imagens de modelos bem legais que vejo em nossas ruas e estradas.

Uma delas é essa Suzuki DR 650 RS, ano 1995, que vi aqui pertinho do meu escritório - na região da Paulista, em São Paulo. A moto está mesmo show, bem conservada, seu dono parece não se curvar consumismo. Se alguém conhecê-lo, por favor dê os parabéns. Eu tive uma dessas na minha garagem e lembro com saudades da sua capacidade de fazer curvas e sua robustez. O barulho do motor de arranque deslocando o enorme cilindro era outra marca registrada dessa Suzuki.

Enquanto isso...no outro lado do planeta (parte 2 - as 400cc)

Imagem
Pois é, morríamos de inveja naqueles tempos quando liamos nas revistas, e ainda sentimos essa inveja quando olhamos pras nossas coleções dos anos 80 e sentimos falta dessas motocicletas!

     Os japoneses, como contamos no post anterior, tinham (e ainda tem) um sistema de habilitação que acompanha a evolução do motociclista para lhe permitir pilotar motocicletas maiores, mas a industria foi mais esperta e provou que maior não quer dizer mais eficiente (um tapa das americanas!? talvez, mas não intencional dessa vez!).  E os pequenos foguetes de 250cc e depois de 400cc começaram a surgir.  A tecnologia incrível aplicada nesses bólidos ainda hoje, é respeitada!  Imagine naquela época!