quinta-feira, 30 de março de 2017

Exposição - Clássicas Off Road - Sidney Australia

Peço desculpas aos leitores se a informação não estiver 100% correta, hoje em dia recebemos um turbilhão de informações, mas nem sempre conseguimos verificar a fonte, e infelizmente foi o caso dessas fotografias!

Em uma manha de domingo recebi, de dois amigos diferentes, quase simultaneamente, via WhatsApp, uma enxurrada de fotos de motos maravilhosas, de cross em sua maioria, clássicas, e ao questionar de onde vieram, os dois disseram que receberam em um "grupo" e se lembraram de me enviar.

Segundo consta em tal grupo, foi de uma exposição, ou corrida - que seja, um evento, de motos off road clássicas que acontecia em Sidney na Australia por aqueles dias e um amigo do amigo que lá estava (que também não consegui contato, sequer nome), enviou as fotos.  (Caro amigo do amigo, caso leia esta postagem, meus sinceros agradecimentos!)

Apesar da falta de qualidade das informações, pelas quais me desculpei com os leitores do Motos Clássicas 80, leitores que já estão acostumados e sabem que não costumamos matar a cobra sem mostrar o pau...   mas dessa vez a informação veio assim, e assim vai - por outro lado a qualidade das imagens fala por si só.

Caso alguém possa completar nos ajudando, será bem vindo, que o faça no campo de comentários ou via e-mail por favor.  O que não podíamos mesmo era privar os amigos de tais fotos, maravilhosas, seja em Sidney, ou em qualquer outro canto do mundo, essas motos são de tirar o capacete e mexer com a imaginação de qualquer um...   espero que vocês, assim como aconteceu comigo, divirtam-se ao vê-las!










































































3 comentários:

  1. Que coisa mais linda, aliás, uma mais linda que a outra. Showzaço!

    ResponderExcluir
  2. show, precisamos cuidar das Cross , enduros e outras off roads históricas, antes que desaparecam nas trilhas

    ResponderExcluir
  3. Pôxa, e diante de tantas máquinas lindas, saio agora da oficina do Edson, onde apareceu agora uma XLX 350, ano 89, com pouco mais de 9.000 rodados, originais. É pra ficar triste.

    ResponderExcluir