Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2017

A Partida à Pedal

Imagem
E aos poucos a partida à pedal caiu em desuso!...

Nos dias de hoje são raras as opções de motos com partida à pedal, a enorme maioria (excluindo-se ai motos muito básicas pra frotistas) vem equipada com a partida elétrica!

Uma simples Honda Biz já tem esse item de série, na CG125 é opcional... afinal de contas é um grande conforto!

Um item bem corriqueiro hoje, tal qual é a partida na chave nos automóveis, antigamente não era bem assim...

A MONTESA NO BRASIL

Imagem
Até hoje, poucas imagens me marcaram tanto quanto uma moto Montesa, eu tinha cerca de 12 a 13 anos, começo dos anos 80, acelerava minha "monaretta" e sonhava com uma DT180... mas abastecendo em um posto de gasolina vi chegando uma Montesa.  Não sei dizer ao certo se era uma 250 ou 360, mas a vejo ainda hoje em minha memoria, como num filme:  Uma moto altíssima, pneus de cravos, tudo enorme, o barulho emitido pelo escapamento demonstrava sua força, impunha respeito... abasteceu e foi embora, fazendo mais barulho e fumaça ainda quando saiu.



Será que alguém vai curtir?

Imagem
Contava os dias para atingir 18 anos e por a mão na carteira de motorista, o fascínio era tanto que pensava em morar nos USA só pra poder dirigir aos 16 anos, muito embora, pilotasse motocicletas desde os 13 anos na cidade, não podia viajar, era um grande desejo, mas confesso que na fissura de completar os tais 18 anos, a ansiedade era tanta, que não curti o que deveria meus 15,16 e 17 anos...

Meus pais diziam, em forma de mantra que era "ideia fixa", que devia pensar em outras coisas, eu até pensava, afinal de contas a testosterona estava aflorando naquele mesmo momento, mas invariavelmente, até mesmo a conquista, passava pela gasolina e motores a combustão!

A invasão ao templo!

Imagem
São poucos os espaços onde o cara consegue, efetivamente, ficar sozinho. Desconectar-se do mundo! 

Pra quem pratica o mergulho autônomo - aquela hora que passamos ali embaixo da água, ouvindo a própria respiração, admirando a vida marinha e brincando com a diferente atuação da gravidade sobre o corpo - sabe o que estou falando, aquele é um momento intimo, de introspecção

Embora você esteja mergulhando em um grupo de 2 ou mais pessoas, o vidro de sua mascara, a água que invade seus ouvidos e a dificuldade de comunicação te colocam nessa tão especial situação!

Na moto a situação é muito parecida...