quinta-feira, 22 de junho de 2017

A Ilha da Fantasia!

Junho, frio no hemisfério sul, ficamos encolhidos, enquanto o pessoal lá do outro lado do mundo sacode a neve que cobriu suas casas, ativa suas motocicletas e vai curtir o sol que volta a brilhar, diferente do Brasil - tropical por natureza - a maioria dos povos do hemisfério norte tem que aproveitar o verão ao máximo, pois o inverno os castiga com força!

Paraíso esquecido

Um ilha, praticamente esquecida, gelada no inverno e nem tão quente no verão, não é daquelas ilhas que o leitor está imaginando, com coqueiros, praias de areia branca, paisagens paradisíacas... Não não, nada disso, uma ilha sombria, com escarpas, mar agitado, gelado durante todo o ano.

Mas é ma ilha simplesmente paradisíaca...  para alguns.
Paraíso fiscal?

Podia até ser, mas lá atrás, quando "fundamos" essa sociedade chamada Motos Clássicas 80, combinamos de não misturar assuntos de religião e politica aqui, lembram-se?  pois é, faz parte do estatuto, está lá no capitulo iv, paragrafo 4.  basta consultar... então, apesar do assunto estar em alta, essa hipótese não é valida!

Cultivo de cogumelos?

Sinceramente não sei dizer o que se cultiva ali, na verdade sei sim, cultivam-se excelentes amizades em um ambiente de muita harmonia, onde imperam, durante alguns dias do ano, motores e velocidade absurda!  hummmmmm esse assunto é legal....



Isle of Man

Pois é, assim é a Ilha de Man!  Talvez nunca ouvíssemos falar dessa ilha, que fica espetada no Atlântico Norte, entre a Irlanda e a Inglaterra, se não fossemos motociclistas apaixonados. Sim, apaixonados, pois muitos dos motociclistas comuns não ouviram falar desta ilha.  O fascínio e a fantasia que nomeia a matéria, vem justamente do motociclismo, que, desde 1905 transforma a pacata ilha, que atualmente tem cerca de 85.000 habitantes, no centro nervoso do motociclismo mundial.

Isle of Man TT


É conhecida por hospedar a mais antiga, mais tradicional, mais insana, a detentora dos maiores recordes, corrida de motocicletas do planeta.  Deste 1907, nos meses de verão, os melhores - certamente os mais insanos - motociclistas do mundo, frequentem aquela ilha, e ali, em um circuito único, de rua, que variou no passar desses mais de 100 anos, de 24 km a mais de 60 km, percorrendo a ilha toda, trechos de altíssima velocidade em estradas, trechos urbanos convivendo com guias de calçadas e toda sorte de perigos que habitam as corridas de rua. Essa, a mais selvagem delas.

Atualmente o percurso tem 256 curvas, 60,7 km de comprimento e os pilotos mais rápidos fazem a volta em cerca de 17 minutos - pode fazer a conta - a média horaria ultrapassa os 210 km/h - falei que era um festival de recordes?



Esquisitices

Pois é, nem só de motocicletas vivem as corridas de Man, ja passaram por ali corridas de outros bólidos, e alguns sobrevivem até hoje, como por exemplo, os excêntricos side cars!  Quem não teve oportunidade de assistir a uma corrida, procure nos canais de esporte da TV a cabo, ou no youtube, são videos fantásticos!!!  normalmente motorizadas pelos 600cc 4 cilindros de motocicleta, de onde derivam... pilotadas por um, mas com intensa e importantíssima participação do "co-piloto", que faz verdadeiros malabarismos pra manter o centro de gravidade da moto durante as curvas, fazendo pêndulos incríveis, em velocidades que superam os 200km/h - a poucos centímetros do asfalto cinzento!



Curiosidades (historia)

Se falar que essa corrida maluca fez parte do calendário do Moto GP dá pra acreditar?  pois é, fez sim, naqueles tempos, Moto GP não se chamava assim (chamava-se FIM Motor-cycle Grand Prix World Championship),  o circuito de Man Island fez parte do calendário entre os anos de 1949 até 1976, quando foi retirado por questões de segurança!

As grandes marcas

Entre as marcas que mais se destacaram nesses mais de 100 anos de historia, estão (soma de todas as categorias até 2016):

Honda (255 vitorias)
Yamaha (232 vitorias)
Suzuki (107 vitorias)
Norton (94 vitorias)
Kawasaki (42 vitorias)
BMW (36 vitorias)
MVAgusta (32 vitorias)
Triumph (21 vitorias)

Testemunho Fotográfico

O melhor de tudo, guardamos para o final...  vejam nas fotos abaixo que, com o passar de 100 anos, nada mudou: a motocicleta continua fazendo de nós - seres absolutamente especiais!








Um comentário:

  1. O TT é realmente um negócio a parte, uma paixão a parte, melhor dizendo.
    Sem palavras para descrevê-lo, mas muita vontade de ir pessoalmente assistir.
    Um espectador assíduo, é Emerson Fittipaldi.
    Um dia eu vou.

    ResponderExcluir