quinta-feira, 19 de outubro de 2017

A carta de um leitor

A internet, quando bem utilizada pode fazer coisas incríveis!

Transcrevo abaixo o e-mail que nos enviou o leitor Victor Gellert, que é um excelente exemplo disso, e, de quebra traz um pouco de historia da "nossa" XLX350R  e fotos maravilhosas de uma XL que pra grande maioria dos brasileiros é desconhecida, a XL600RM...


Victor Gellert e sua incrível XL600 RM 1987


Olá Diego, 

meu nome é Victor, tenho 48 anos e sou de São Paulo. Tive a primeira XLX 350 R que saiu em 87, preta e amarela, quando tinha 18 anos. Andava sempre com ela nos fins de semanas no interior de São Paulo, em Ibiúna. Depois, aos 20 anos, mudei para a Alemanha, aonde moro até hoje, e vendi minha XLX, sem imaginar que isso iria ser o arrependimento da minha vida.



Depois de muitos anos sempre sonhava com a minha XLX, embora já tivesse tido outras motos. Eu a relacionava muito com a minha juventude, e ficava muito triste quando acordava e percebia que a XLX só existia nos meus sonhos.

Com a internet tem-se a oportunidade de se achar fotos das motos antigas que marcaram meus bons tempos. Foi aí que encontrei o seu site maravilhoso com a sua XLX350R


Lembrei que esta moto foi inspirada na irmã maior, a XL 600 RM. Aí pensei, e se eu procurar uma usada aqui, talvez até encontre, aí meu sonho vai ser realizado. Depois de 1 ano e meio procurando todos os dias nos classificados, encontrei uma com 12800 km, ano 87, fabricada no mesmo mês que a minha XLX 350 R! Eu nem acreditei, ela estava largada há muitos anos numa garagem.

Essa foto tirei hoje cedo, enquanto ia pro trabalho com ela!

Agora estou super feliz, faço passeios deliciosos com ela, adoro o ronco do seu motor e as acelerações nas curvas. Embora usufrua de partida elétrica, nem seria necessário, pois pega sempre na primeira com o pedal, nota 10! Gostaria que vc divulgasse as minhas fotos para todo mundo ver o carinho que tenho por ela!

Graças ao seu site não desisti de continuar procurado por esta moto, até finalmente ter sucesso! Me sinto 30 anos mais jovem!

Um abraço
Victor




        fotos: Bettina Theisinger - www.fotodesign-theisinger.de






4 comentários:

  1. Essa XL está mesmo muito bonita, parabéns.
    Curiosamente, em 1983, Honda e Yamaha lançavam suas XL e XT 600(Paris-Dakar na Honda, e Ténéré na Yamaha), com esses magníficos motores mono de 4 tempos.
    A Honda, mesmo depois das importações reabertas, não trouxe esse modelo, que depois seria substituída pela bela Dominator 650, mesmo motor, e poucas unidades estão rodando pelo Brasil. Eram de preço pouca coisa superior as XT 600, então, não se justificava a ausência do modelo.

    ResponderExcluir
  2. Incrível como está bonita a XL 600 RM do Victor, parabéns. Também sinto muitas saudades da minha XLX 350 de 1987.

    ResponderExcluir
  3. apesar de amar as 2 tempos, não há como negar a beleza destas motos.. a família XL e a família das XTs são belíssimas marcas de um tempo que as motos tinham personalizade....essa 6oo é uma preciosidade

    ResponderExcluir
  4. Parabéns por reviver seu sonho, ainda mais em um modelo mais elaborado. E parabéns ao site por nos dar o prazer de dividir sua alegria e renovar nosso gosto pelas clássicas da década de 80 e início de 90.

    ResponderExcluir