Pode usar no dia a dia?!

A motocicleta com quase 35 anos, chama atenção por onde passa, é rara sem duvida e a placa preta está ai pra confirmar isso!
"A Bordo" dela, o piloto curte, tranquila e detalhadamente, seu comportamento, deslizando pelas ruas, sendo "entrevistado" a cada semáforo ou abastecimento - a pintura ainda original, mas tratada com as melhores ceras, garante um brilho extra!

Más, será possível usar uma clássica em seu deslocamento diário?  Dias atras em um de nossos videos do youtube, um leitor deixou essa pergunta.



Pra quem está no carro quando o semáforo se fecha e vê o piloto na clássica, pode parecer que o dia a dia é possível, e como de uma motocicleta normal... más a coisa não é bem assim.

A resposta para essa pergunta não é simples, pois, se é possível.. sim, é?  mas depende de suas necessidades e aspirações, talvez não seja recomendável.
O prazer de andar com uma clássica que nos remete a juventude.

Possível!
Bem, motores dessas máquinas são rústicos, duráveis e exigem muito pouco do proprietário, uma troca de óleo no prazo recomendado, manter filtros em ordem e eles vão longe!
Porém uma clássica exige uma condução diferente das motos atuais...  maior distancia do fluxo, um ritmo de pilotagem mais lento. Frear com antecedência também é importante, tendo em vista que o conjunto todo está defasado...

Em sua época por exemplo, o limite das rodovias brasileiras era de 80km/h, todos os veículos eram mais limitados em seu desempenho, pode ser que pegar estrada com uma XL250R por exemplo, te faça competir com caminhões a 110km/h - será uma boa ideia?!

Alem disso, considerando que sua clássica esteja absolutamente em ordem, em grande forma, com todas as peças e regulagens originais do fabricante respeitadas... uma delicia, mas mesmo assim, um dia ela vai precisar de alguma manutenção, e, as peças desses modelos são raras, cada vez mais raras e consequentemente caras.  Algumas vezes é preciso recorrer a sites na Europa ou USA pra conseguir a peça, e ela vai demorar um tempo pra chegar...  Se você usa sua clássica como moto do dia a dia, vai poder esperar por peças?  tá disposto a compra-las em euros ou dólares norte americanos e pagar taxa aduaneira pra recebe-las?!

clássica ou clássica moderna?  qual se adequa melhor a suas necessidades?

Isso tudo não tira o brilho de uma clássica, mas, sem duvida sua utilização é limitada. Apesar de usar motos clássicas diariamente (no meu caso o segredo é não usar sempre a mesma, um rodizio faz com que elas rodem 1 a 2 vezes ao mês apenas), recomendo que, se for pra usar bastante, no dia a dia, em todas as condições, estrada, cidade, etc você considere a compra de uma "clássica moderna", já que temos tantas opções atualmente.  As clássicas modernas por exemplo, podem ser cobertas por uma apólice de seguro, normalmente já aposentaram os carburadores e dispõe de injeção eletrônica, algumas até freios ABS - mantendo parte do charme da antigas.

Comentários

  1. Maravilha de reportagem. Claro que tudo depende de uma série de fatores. O cara só tem clássicas na garagem? Então manda bala. Conheço gente que tem 4/5 antigas e uma MT07 nova. Todo dia vai com uma diferente pro trabalho, andando em média uns 30 km com cada uma. Isso as deixa sempre na ativa, sem ter que escolher um dia(cansado ou não) para dar um rolê obrigatório com as damas antigas. Minha CB só não sai mais por pelo acontecido em que me deixou com $$$ curta, pois mesmo sendo 87, viajei bastante com ela. Clássica parada estraga.

    ResponderExcluir

Postar um comentário