Gentileza sobre duas rodas. Homenagem ao amigo Fredy Tejada

Compartilhe este conteúdo

Fredy Tejada participou de todas as etapas do L’ ÉTAPE BRASIL e será homenageado dando nome a um troféu que entregue ao vencedor da Categoria 65 a 60 anos

Para quem está acostumado a ver sempre uma foto de moto como destaque no início de cada matéria pode estranhar a imagem acima. Na verdade ela é uma obra de arte feita pelo nosso amigo e fotógrafo Marcelo Vigneron. Marcelo Mora em Campos do Jordão (SP) e no domingo passado, 26 de setembro, foi até a largada da L’ ÉTAPE BRASIL para fotografar por prazer. “Gosto de captar imagens e pude fazer as fotos do jeito que queria, sem preocupações”. Sem saber Vigneron estava registrando a última prova de Fredy Tejada que faleceu naquele domingo, por conta de um acidente durante a prova.

Talvez você não conheça esse nome, mas quando eu citar uma marca e uma modalidade esportiva você saberá a importância desse homenageado. Gas Gas, conhece? Trial, já ouviu falar? Fredy Tejada foi o maior entusiasta do trial no Brasil. Ele impulsionou a modalidade que foi lançada por Carlão Coachman e, junto com seu filho Carlãozinho Coachman, fez grandes disputas nos anos de 1980 e 1990. Depois, em 1994, Fredy passou a ser representante oficial da marca espanhola Gas Gas no Brasil.

blank

Encontrava bastante com Fredy nos eventos dos anos 1990 e 2.000 como o Megacycle, Salão Duas Rodas, Enduro da Independência entre outros. Ele sempre empolgado com a modalidade trial e organizando apresentações de pilotos, entre eles seu pupilo Caio Salerno -com quem tive o privilégio de viajar produzindo testes de motos para a revista Duas Rodas. Apesar da pressão dos eventos, Fredy mantinha-se calmo, sereno e focado, nada o abalava. Quando assumia a moto e escalava os obstáculos parecia estar em outra dimensão.

blank

Essa calma e serenidade foi a sua marca registrada no mercado de motos, um mercado que ele fez inúmeras amizades. Hoje conversei com o Josias Silveira e, da nossa conversa, surgiu o título dessa homenagem que resume bem a personalidade do Fredy. Foi piloto profissional e empresário com as motos e se manteve no ciclismo – sua outra paixão onde atuou com a mesma tenacidade. Acompanhei algumas postagens dos amigos e admiradores nas páginas do Facebook e selecionei algumas que mostram a importância do Fredy para o ciclismo e motociclismo brasileiro. Devemos muito a ele…

blank
blank
blank


Compartilhe este conteúdo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *