Elas já foram as mais vendidas

Compartilhe este conteúdo

Hoje resolvemos mergulhar no passado e analisar os números de produção de motos no Brasil. Os dados fornecidos pela Abraciclo – associação dos fabricantes de motos – são bem reveladores e mostram quantas e quais motos estavam à disposição dos motociclistas brasileiros em dezembro de 1991. Outra informação legal é o crescimento do mercado de motos – veja no último parágrafo.

Em 1991 a Agrale produziu pouco mais de 4.000 motos e a campeã de vendas foi a SXT 27.5

Apenas três marcas faziam parte da associação e enviavam relatórios mensais de produção em suas fábricas: Agrale, Honda e Yamaha.  As três marcas, ofereciam apenas 27 modelos – no decorrer da postagem vou comparar esses dados com os números atuais e garanto, você ficará surpreso.

A líder Honda produziu 92.204 unidades e a mais vendida foi a CG 125 Today com 52.485 moto vendidas nos 12 meses daquele distante 1991.

Em segundo lugar estava a Yamaha com 20.078 motos vendidas com destaque para a saudosa DT 180. A pequena trail da Yamaha acumulou a venda de 6.300 unidades e ganhou o título de mais vendida pela marca dos três diapasões.

blank
A DT 180 foi a Yamaha mais vendida há 30 anos, ao todo 6.300 unidades foram produzidas. Essa da foto rodou menos de 4.000 km e já foi mostrada aqui.

As revendas da gaúcha Agrale receberam 4.047 unidades para oferecer aos entusiastas da marca – gente como eu que buscava uma moto diferente, com tecnologia italiana. A campeã de vendas foi a SXT 27.5 (ah, já tive uma, veja foto abaixo)

blank
Com a minha Agrale SXT 27.5 em uma das muitas viagens que fiz com o modelo que era líder de vendas da empresa gaúcha.

Três décadas depois



Passados 30 anos, muita coisa mudou em nosso País. Hoje os motociclistas podem escolher entre 129 modelos oferecidos por 10 marcas. A lista é grande, mas faço questão de elencar – assim temos uma noção de como o universo de motos se expandiu em três décadas. Veja a lista:

BMW
Dafra
Ducati
Harley-Davidson
Honda
JTZ
Kawasaki
Suzuki
Triumph
Yamaha

blank
Em 1991 a CG 125 Today foi a mais vendida no Brasil, a Honda produziu 52.485 unidades em 12 meses

Até novembro, essas marcas colocaram no mercado 1.118.790 unidades. A liderança continua com a Honda que produziu (sozinha) 877.582 motos e a CG continua como a mais vendida do Brasil com 125.701 motos comercializadas.
A segunda posição fica com a Yamaha que produziu 202.054 unidades. A marca tem na Factor YBR a sua campeã de vendas com 202.054 unidades produzidas.
Se você está cansado de números, relaxa que vamos mandar a última estatística. O crescimento do mercado de moto nesses 30 anos pode ser multiplicado por 10 enquanto o crescimento da população foi de apenas 30%. Segunda dados do IBGE em 1991 a população era de 151,6 milhões de habitantes, hoje o Instituto projeta que a população brasileira seja de 213,3 milhões de habitantes.


Compartilhe este conteúdo

One thought on “Elas já foram as mais vendidas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *